Alkaryan - Os Segredos do Arco-Íris
Aventura e ação entre dois Mundos para salvarem o Planeta
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


VOAR

Vivia a cortejá-la como um mago plácido;
Em todo passo um tombo nas calçadas lúdicas;
Seu corpo me abrigava numa guerra púnica:
As mãos entrelaçavam meus cabelos módicos.

No louco descompasso me iludia a tântrica;
Seu cheiro entorpecia nos velórios sôfregos;
Se em cada refazer, não fenecia a música:
Dançava sem cansaço num processo lírico.

Sempre aquecia a cama sem riscar um fósforo;
Comia minha língua em suores sátiros;
Abria sua alma e enrijecia o másculo:
Fugiu da nossa vida como bruxa lépida.


E via em cada rosto um sorriso bêbado;
Já não mais escrevia minhas prosas tétricas;
Lutei contra os demônios dessa treva sânscrita:
Ousei nascer de novo, mergulhei no útero.


Nelson Schocair
Enviado por Nelson Schocair em 31/01/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.neldemoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Alkaryan - Os Segredos do Arco-Íris R$35,00
Gramática Moderna da Língua Portuguesa 7ª ed R$42,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras